Tendências de Marketing de Conteúdo para 2024: Como se Manter à Frente na Era Digital

Tendências de Marketing de Conteúdo para 2024: Como se Manter à Frente na Era Digital

Escrever não é mais suficiente? A fórmula “O conteúdo é o Rei” está finalmente morta? 2023 começou com as melhores intenções. 

Pensar assim como Neil Patel da Forbes que sugere toda uma gama de oportunidades para as empresas e empresários interessados ​​em dirigir as novas estratégias de Marketing de Conteúdo para o próximo ano.

Em primeiro lugar, deve-se sempre ter em mente que é necessário transmitir com precisão o conteúdo, a fim de obter a participação dos leitores, e, consequentemente, obter um melhor posicionamento nos mecanismos de busca.

Dito isso, a palavra de ordem para escrever e compartilhar conteúdo na web é: a qualidade. Para isso deve estar unido a simplicidade, mas também um excelente conhecimento das necessidades de otimização.

A este respeito, sugiro muitas soluções para tornar o marketing de conteúdo e a escrita para a web 2.0 mais efetivos. A voz das empresas devem parecer natural, solta e direta, mas não menos profissional. Especialmente numa época como a nossa, onde a mídia social dita a regra da nova vida em comum.

Para desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo é preciso fazer diferentes perguntas:

  • Quem é o seu público? 
  • Quem é você? 
  • O que você ganha com este conteúdo? 
  • Onde você quer publicar? 

Depois de responder a todas estas questões e dado como certo que o seu conteúdo são as peças da estratégia destes pressupostos, quero dizer algumas sugestões interessantes para o futuro.

1. Não se esqueça do poder de Guest Blogging

No início de 2014, Matt Cutts tinha declarado a morte de Guest Blogging, prática agora ser abandonada por todos que trabalham com SEO, porque é muito caro e ineficaz.

Na verdade, o que precisa ser condenado é o spam e o compartilhamento de artigos com descarada publicidade que pouco pode fazer para o cliente. Conteúdo gerado devem ser originais e de qualidade, não se esqueça!

visitante do blog pode proporcionar um elevado valor acrescentado para o marketing  de conteúdo, mesmo em 2015, tendo em conta que os conteúdos são transmitidos para os usuários e não apenas para os mecanismos de busca.

Certifique-se de que o que você escreve e o que você compartilha é interessante para os seus leitores, a se identificar com os seus gostos e interesses.

Melhorar a experiência de “leitura” de seus clientes, favoreça a posição do seu site dando-lhe uma riqueza considerável em termos de otimização para mecanismos de busca.

Artigos interessantes em seu blog, Guest post cheios de conteúdo original, só vai fornecer o tráfego para seu site e talvez até mesmo as conversões em potencial.

Dê a seus clientes o que eles precisam, diversifique o conteúdo do seu site.

2. Marketing de conteúdo não é apenas ter um blog

A Internet está cheia de conteúdo que é transmitido em várias formas: artigos, e-books, vídeos, imagens, apresentação de slides. É por isso que as empresas não podem centrar a sua atenção apenas para atualizar um blog da empresa.

Nós não só devemos ser limitado a blogging, mas encontrar diferentes formas de conteúdo a ser veiculados em diferentes plataformas.

3. Não tenha medo de definir um orçamento maior para o marketing de conteúdo

Produzir conteúdo efetivo dá uma vantagem competitiva invejável para as empresas. Por isso é necessário sugerir aos comerciantes que continuem a investir, até mesmo grandes orçamentos, para a execução das estratégias de Marketing de Conteúdo. 

Para 2024, o projetado é desenvolver novos conteúdos para mostrar aos clientes o seu negócio, a sua marca, seus valores.

Os profissionais de marketing sabem que para moldar uma personalidade da marca é um passo crítico que só pode ser alcançado através da produção de conteúdo de qualidade. Construir suas marcas com base em conteúdo original, criativo, bem orientada, mas orientado a SEO principalmente é tudo.

4. Integre conteúdo com mídias sociais e os promova

Conteúdo gerado deve ser promovida e compartilhado. Publicar conteúdo também significa promovê-los e transmiti-los. 

Algumas grandes empresas negligenciam mídia sociais consideravelmente e ferramentas de e-mail marketing, com pequenos esforços estratégicos e inovadores essas ferramentas podem te levar longe. 

Pense para o cliente: é isso que você precisa fazer. Você iria ler o que você escreve? Seu público está interessado?

Você vai notar que os clientes que seguem suas atividades no Twitter serão os mesmos que leem o seu blog. É preciso consistência na criação de conteúdo que pode se adaptado perfeitamente às diferentes plataformas, mas eles têm um traço comum que precisa ser preenchido.

5. O volume de vídeos será enorme

O vídeo tornou-se a estratégia de marketing de conteúdo mais atraente e confiável, capaz de multiplicar por 6 a permanência de um usuário em um site.

Se há um componente que não pode faltar em qualquer estratégia de negócios baseada em marketing de conteúdo, isto é, sem qualquer dúvida, o vídeo. Uma prova irrefutável é que 62% das agências incluem o YouTube dentro da estratégia que oferece aos seus clientes.

Na mesma linha, um estudo de Outrigger mídia indica que quatro em cada dez empresas já possuem uma estratégia focada no YouTube em seu plano de marketing. A razão é que os resultados são mensuráveis: 62% dos entrevistados pela Strata disseram que seu volume de negócios cresceu.

6. O conteúdo está cada vez mais segmentado e otimizado.

As marcas conhecerão cada vez mais seus clientes e uma vez que elas entendem a importância das pessoas no ciclo de compra, saberão esclarecer quem são, o que eles precisam e como lidar com eles.

Neste sentido, o marketing de conteúdo será focado em oferecer às pessoas o que elas precisam em todos os momentos.

Para fazer isso, vão optar pela diversidade de formatos e personalização de conteúdo. Em 2023 o infográfico foi o que mais cresceu (de 51% para 62%), de acordo com o Content Marketing Institute. 

Mas, talvez, o formato de infográfico continue a surpreender o usuário? Em 2015, o vídeo vai continuar a crescer e tornar-se móvel, e, sem dúvida, o canal dominante (com os grandes desafios que isso representa para o conteúdo).

7. Entenda a Intenção do Consumidor

Concentre-se em entender a intenção do seu público-alvo ao criar conteúdo. Pesquise palavras-chave e tópicos que estejam alinhados com as necessidades e perguntas do seu público.

8. Marketing de Conteúdo Multicanal

As estratégias de marketing de conteúdo não devem se limitar a um único canal. Em vez disso, as empresas devem aproveitar várias plataformas, incluindo redes sociais, e-mail marketing, blogs, podcasts e outros, para alcançar seu público onde quer que esteja.

9. Mensuração e Análise de Dados

Ferramentas de análise avançada fornecem insights valiosos sobre o desempenho do conteúdo. Em 2024, as empresas devem dedicar mais tempo à análise de dados e ajustar suas estratégias com base nos resultados.

Lembrando que o marketing de conteúdo é uma disciplina em constante evolução, e o sucesso depende da capacidade de se adaptar às novas tendências e preferências do público. Portanto, mantenha-se atualizado e flexível em sua abordagem à medida que 2024 se desenrola.

1 Shares:
Você também pode gostar